Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Especial e Única

Apaixonada por cosméticos e maquilhagem! Apaixonada por ser mulher! Deus fez-me especial e única. A mim, e a cada uma de vocês!

Especial e Única

Apaixonada por cosméticos e maquilhagem! Apaixonada por ser mulher! Deus fez-me especial e única. A mim, e a cada uma de vocês!

Mudei a minha alimentação!

Como-conservar-verduras-e-legumes-fora-da-geladeir

 

Pois é verdade, mudei a alimentação e  foi o melhor que podia ter feito por mim!

Estou tão feliz, que decidi partilhar convosco a minha experiência!  

Há cerca de um ano atrás comecei a ter mais cuidado com o que comia, consequência de artigos e livros que, por curiosidade, ia lendo.

Nunca tive problemas de peso, mas fui percebendo que a comida que ingerimos mexe com tudo (literalmente) no nosso organismo e que talvez o cansaço que sentia ao acordar, os picos de energia seguidos da falta dela, a barriga dilatada, as dores de cabeça constantes e a falta de concentração fossem consequência da minha alimentação... 

Em maio decidi procurar alguém que soubesse a sério do assunto, e fui à nutricionista.

Reparem eu achava que tinha uma alimentação saudável e equilibrada, afinal já não comia todos os dias crossaints com chocolate, o meu peso estava óptimo e a massa gorda estava normal para uma mulher de 41 anos que praticava exercício com regularidade. 

 

Como estava enganada!

 

Fui confrontada com uma série de explicações sobre as "possiveis" causas para as minhas queixas. 

O passo seguinte foi mesmo mudar.

E mudei.

O plano inicial foi para 30 dias.

Aumentei consideravelmente a ingestão de:

  • Vegetais (crus e cozinhados), ervas aromáticas e especiarias.

Eliminei:

  • Massas
  • Lacticínios
  • Pão (todo o tipo)
  • Leguminosas
  • Bolachas e cereias (aveia só em pequenas quantidades, e em dias de treino)
  • Álcool 
  • Açucar
  • Refrigerantes
  • Oleos vegetais e gorduras más

Alterei:   

  • As fontes de hidratos de carbono (mais batata doce, mandioca e inhame) e reduzi a quantidade nos dias sem treino

 

E muito importante, passei a ingerir uma fonte de proteína em todas as refeições (para aumentar a saciedade, e manter os níveis de energia e de massa muscular equilibrados).

 

 

O que aconteceu?

Gente gira, o que vos posso dizer é que nada como experimentarmos por nós próprios e ouvirmos o nosso corpo. E eu aprendi a ouvir o meu! 

 

Nos primeiros 4/5dias o meu corpo zangou-se. Eu era tonturas, fome (psicológica, porque não era fome), dores de cabeça, irritabilidade.

Na segunda semana os treinos deixaram de correr tão bem, porque não me sentia com força e energia, o que contribuía para ficar ainda mais irritada.  

Se pensei em desistir? Mais ou menos. O corpo queria desistir, mas a cabeça não.Queria mesmo saber o que ia acontecer. Então segui o plano prescrito à risca.  

Quem tem filhos, por regra tem o tempo todo contadinho e não consegue mudar as rotinas de um dia para o outro. Ora, durante este período comecei a comprar mais frescos, logo tive de arranjar tempo para prepará-los, fazer novas ementas, pequenos-almoços diferentes...até entrar em modo piloto automático custou um bocadinho, mas depois tudo começou a fluir.

A mesa passou a ter mais vegetais, a fruteira mais variedade de frutas, e os lanches dos miúdos menos açucar.

Após o 1.º mês lá estava eu na nutricionista, e os resultados não podiam ter sido mais espectaculares: menos 5 cm na cintura, peso inalterado, menos massa gorda e aumento da massa muscular!

Depois de me ter dado os parabéns pelos resultados, surgiu a pergunta:

- Como se sente?

- Óptima! Não me sentia assim tão bem há mesmo muito tempo! 

- O que vai fazer a seguir?

- Continuar, aliás já nem quero voltar a comer como comia.

 

E a verdade é que estou a adorar o que está a acontecer: o meu corpo desinchou, as dores de cabeça desapareceram quase totalmente, durmo muito melhor, sinto-me com energia ao longo de todo o dia, já não tenho ataques de "fome psicológica" , a pele está hidratada e luminosa...a sério, são tantas coisas boas que não imaginam!

Introduzi novos hábitos, cozinho os alimentos de uma forma mais saudável, e o melhor de tudo é que a família está a aderir bem.

 

Entretanto, já posso comer esporadicamente leguminosas, queijos e se me apetecer beber uma taça de vinho tinto.

Sobrevivi estoicamente ao Verão sem bolas de Berlim porque simplesmente não me apeteceram... e sabem o que mais?

É fantastico não sermos "dominadas" pela comida, quem é ansiosa sabe do que estou a falar! E, sentir no nosso organismo que os alimentos que comemos nos podem fazer (ou não)  pessoas mais felizes!  

Lembrem-se, não mudem porque A ou B faz assim, procurem alguém que vos possa ajudar de forma sustentada e responsável e façam-no por vocês, pela vossa qualidade de vida.  

 

 

 

 

 

 

 

 

  

A moda do fit

carla.jpg

 

Queres ser fit?

Sumos detox é o segredo!

Bebe água alcalina!

Eu agora sigo a dieta paleo

O meu suplemento preferido é o CLA 

Não, muito running é que te vai fazer bem!

Sementes: muita chia, muitas sementes, muito sésamo, muito tudo!

Eu só como panquecas, são do melhor! 

 

É com cada moda que só me dá para rir! 

Para mim, ser fit - ser saudável  -  é muito mais do que ter uma alimentação saudável.

 

Todas nós devíamos ter a preocupação de cuidar do corpo simplesmente porque é o único que temos, e não sabemos durante quantos anos vamos precisar dele.

Ora se eu pretendo que o meu carro dure bastante sem me dar problemas, tenho que fazer as revisões, pôr água, mudar o óleo, etc. certo? Com o nosso corpo não é diferente, e com a nossa cabeça também não!

Então, vou tentar alimentar-me correctamente para ter mais energia. 

Vou exercitar-me porque isso me ajuda a manter ágil.

Vou ter hobbies porque isso me faz feliz.

Vou dormir 7/8 horas para andar bem disposta.

Etc. 

Mas para ser saudável não preciso ser extremista ou fundamentalista:

Se é Natal porque não comer os doces tradicionais que só comemos nessa época?

Se estou na praia com as melhores bolas de Berlim porque não comer uma?

Se estou a jantar com os meus amigos porque não acompanhá-los numa taça de vinho?  

Diariamente devemos cuidar do que é nosso, não porque é moda, não porque nos dizem isto ou aquilo...é bom aprender, ouvir, estudar e decidir o que é melhor para nós!

E convenhamos, tudo o que uma mulher decide ela faz, mas por favor não o façam porque a vizinha faz, mas sim porque entendem que "aquilo" será bom para vocês.

Então, o que aconselho a todas as mulheres que me pedem ajuda é:

 

1. NÃO ENTRES EM DIETAS EXTREMISTAS

Mudar os hábitos alimentares não é uma coisa fácil. Para uma determinada acção se tornar um hábito, precisamos de 66 dias, logo não penses que é de um dia para o outro que vais ser fit.

Vão haver dias difíceis, mas a tua determinação será o factor determinante. 

Vai substituindo gradualmente os alimentos, e o teu paladar irá habituar-se. Experimenta novos sabores e explora maneiras diferentes  de confecionar os alimentos. A internet está cheia de blogues muito interessantes que te podem ajudar. 

 

2.ORGANIZA-TE

Vai às compras com uma lista. Opta por verduras, fruta, massa e arroz integral.

Não compres comida processada, nem bolachas, nem sumos - Não tens, não comes!

Equaciona começares a levar almoço para o trabalho: sabes o que comes, controlas a quantidade e poupas dinheiro. 

 

3. HIDRATA-TE

Bebe muita água. O nosso organismo para estar equilibrado precisa de líquidos. 

Eu sei que no inverno custa mais, mas há imensos chás saborosos, é só uma questão de experimentares - chá verde, chá branco, chá de centelha asiática, etc.

 

4. NÃO PASSES MAIS DE 3 HORAS SEM COMER

É muito importante que não fiques mais de 3 horas sem comer.

Um bom truque é ter sempre na mala umas bolachas de arroz/milho, uma peça de fruta ou uma barrita de proteína (esquece as de supermercado que só têm açucar, as da ATKINS são uma boa opção)

Deixa-te de vergonhas e come onde tiveres que comer, a tua saúde agradece-te!

 

5. TOMA UM BOM PEQUENO - ALMOÇO

Se for necessário acorda mais cedo, mas não saias de casa sem comer. Um bom pequeno- almoço deve incluir proteína, hidratos de carbono saudáveis e fibra.

Exemplo: Papas de aveia (com um punhado de linhaça, bagas de goji e nozes) + iogurte grego + kiwi + café = Mega energia

 

6. FAZ PERGUNTAS

Trocar experiências com alguém que se alimente de uma forma correcta é muito importante. Ela pode ajudar-te com receitas, dicas e mesmo motivação.

Ter alguém assim ajuda-te a não desistir.

 

7. ESCOLHE UM DIA PARA COMERES GORDICES

Vais ter a festa de aniversário do filho? Come o que te apetece. No resto da semana, nada de açucares ou fritos...

Programa e gere a semana de forma que tenhas um dia para comer tudo o que te apeteça.

A ansiedade está dificil de controlar? Só te apetece comer doces? Come um quadrado de chocolate preto (+70% cacau) e segue sem culpas.

 

8. MEXE-TE

Sobe escadas, vai a pé para a paragem, vai passear o cão, ou melhor inscreve-te num ginásio!

É importante praticares exercício físico, é bom para tudo! Para mim é terapêutico, mas acredito que não o seja para muitas mulheres. Conselho: encara a hora do ginásio como o teu tempo. Aquele momento em que podes estar sozinha e a fazer algo por ti.   

 

Lembra-te ser fit é mais do que ter uma alimentação saudável ou um corpo com as medidas certas, é um estilo de vida, e isso passa por ter uma cabeça saudável e equilibrada.

Cuidar de nós é importante, mas sempre com o objectivo de ser FELIZ!

 

 

 

 

 

 

Queques fit: a experiência do fim-de-semana

queques_fit.jpg

Vi no blog Correr na Cidade (já conhecem?) esta receita de Queques de laranja, banana e chocolate, sugar free, e como ando sempre à procura de lanches saudáveis para a família estes pareceram perfeitos!   

 

Eis a lista de ingredientes. 

- 2 laranjas;
- 2 bananas maduras;
- 3 ovos;
- 2 chávenas almoçadeiras de flocos de aveia ou muesli;
- 1 iogurte natural;
- 2 colheres de café de fermentos;
- chocolate com mais de 70% de cacau.

 

No meu caso troquei o liquidificador pela bimby, e como na receita não dizia em que momento se colocava  o iogurte natural, eu adicionei-o ao mesmo tempo que a aveia...  

Deixo-vos uma dica, utilizem bananas bem maduras, pois caso contrário os queques irão ficar com pouco sabor!

 

Querem saber? Os queques ficaram óptimos! 

 

Os melhores chás para emagrecer

 

As festas acabaram, e muitas de nós já voltámos a reduzir o açúcar, o pão, as gorduras, etc. Também já regressámos aos treinos regulares.

;-)

Mas como o tempo está frio e chuvoso, os chás podem ser os nossos melhores amigos para perdermos aqueles 2 quilos que ganhámos, sabiam?

Saibam quais os melhores chás para vos ajudar a perder aquelas gordurinhas chatas.

 

 

 CHÁ DE CAVALINHA 

cavalinha

 

  • Acelera o metabolismo; 
  • Diurético (ajuda a eliminar as toxinas do corpo);
  • Combate a retenção de liquidos;
  • Activa a circulação sanguínea;
  • Antioxidante;
  • Melhora o aspecto da pele com celulite;
  • Auxilia na redução da oleosidade da derme;
  • Melhora a elasticidade da pele;
  • Fortalece as unhas e o cabelo.

 

 

CHÁ DE HIBISCO

 

chá de hibisco

 

  • Antioxidante e anti-inflamatório;
  • Tem vitamina C;
  • Diurético;
  • Ajuda na digestão;
  • Estimula a queima de gordura corporal;
  • Combate a retenção de liquídos;
  • Evita a formação de células de gordura no corpo.

 

Pode ser misturado com cavalinha para aumentar o efeito diurético e antioxidante do chá.

 

 

CHÁ VERDE

chá verde

 

 

  • Muito rico em flavonoídes e cafeína;
  • Rico em antioxidantes que retardam o envelhecimento;
  • Possui vitaminas e minerais essenciais ao organismo;
  • Diurético;
  • Termogênico (acelera o metabolismo) e ajuda no emagrecimento 
  • Combate a retenção de liquídos;
  • Reduz o mau colesterol;
  • Previne alguns tipos de cancro;
  • Melhora o humor;
  • Optimiza a digestão.

 

 

CHÁ BRANCO

branco

 

  • Muito rico em polifenóis e antioxidantes;
  • Anti-inflamatório;
  • Protege o fígado;
  • Tem cafeína, porém em quantidades menores do que o chá verde e o preto;
  • Termogênico;

 

Tem L-teanina (aminoácido que age no cérebro e favorece o aumento dos níveis de ácido gamaaminobutírico -GABA-dopamina e serotonina, neurotransmissores relacionados com a sensação de relaxamento e bem-estar).

 

Nunca se esqueçam que os chás ajudam, mas não fazem milagres. Façam uma alimentação variada e cuidada, e é claro, exercício físico.

 

 *A terminar o post e a beber o meu chá verde.

 

 

Alimentação saudável na praia!

 

Olá!

As férias estão finalmente a chegar! Yupi!

É tempo de relaxar, ir para a praia e simplesmente desligar os circuitos da rotina.

Mas mesmo de férias a nossa alimentação pode e deve continuar a ser saudável! 

Comigo funciona assim: não me privo (é claro que como bolas de berlim na praia), mas também não me excedo (obviamente, não como uma bola todos os dias)!

Lembrem-se que o nosso corpo é um reflexo das nossas escolhas!  

Deixo-vos ideias para lanches na praia saudáveis e saborosos! 

 

 

fruta_2.jpg

 1. Fruta!

Maças, uvas, cerejas, melão, meloa, melancia, etc. Vale tudo!

 

 

frutos secos.jpg

 

2. Frutos secos

Amêndoas, castanhas, amendoim, soja, sementes de abóbora. Saciam, são saudáveis e têm muita fibra.

Tenham cuidado para não exagerarem, pois tudo o que se come em demasia faz mal.

 

 

saladas_frasco.jpg

 

 3. Saladas

Podemos fazer umas saladas óptimas, e levá-las para a praia em caixas individuais ou em frascos.

Para que elas se conservem mais tempo, devem colocar os ingredientes pela seguinte ordem:  

- No fundo o molho ou o tempero;

- Depois uma camada de: Feijão, lentilhas, cenouras, pimento, rabanete, grão ou pepino;

- A seguir: queijo, sementes, milho, ervilhas, quinoa, frutas, bróculos, tomate, cebola, frango, atum;

- Última camada: alface, rúcula, espinafres, rúcula.      

 

 

sandes_atum.jpg

 

4. Sandes de pão integral

De frango, de atum, com alface, tomate, pepino. A imaginação é o limite!

 

barrinhas_energeticas.jpg

 

5. Barrinhas energéticas

Podem comprá-las ou fazê-las. Existem imensas receitas na net!

 

cha_gelado.jpg

 

6. Chá frio

 

É fundamental beber muitos liquídos. O chá bem frequinho ajuda-nos a manter os níveis de hidratação!

 

E vocês, o que costumam levar na lancheira da praia?

 

Beijinhos,

eu.jpg